Internauta

Não será aceito conteúdo enviado com todas as letras maiúsculas.
A opinião dos internautas não reflete necessariamente a do site.
As informações desta página são de inteira responsabilidade dos colaboradores.
Todo material recebido será analisado e adequado a página antes de publicado.
ENVIE SUAS MENSAGENS

A Triste Realidade Brasileira, por Mérito das Nossas Instituições

O Você vai ficar velho um dia....
Veja a matéria abaixo, e pense nisso...
Abraços do Amigo
Dimas Pereira.

Reajuste diferenciado reduz poder de compra e qualidade de vida dos brasileiros

por Richard Casal

Cresce a cada dia o número de beneficiários do INSS que tentam sobreviver ganhando somente um salário mínimo. Com o constante aumento diferenciado para o segmento, todo ano mais aposentados tem seu benefício achatado para o mínimo.

Nos últimos 15 anos, já são mais de 4,5 milhões de brasileiros que passaram a ganhar salário mínimo depois que concluíram sua vida laboral.

Essa estatística assustadora levantada pelo setor econômico da COBAP piorou ainda mais após o mísero reajuste ofertado pelo Governo na virada do ano, de apenas 6,14% para os aposentados que ganham mais que o mínimo. Agora, são mais 250 mil beneficiários do INSS que passaram a receber somente um salário mínimo.

É ultrajante observar a diminuição do poder de compra e da qualidade de vida de milhões de brasileiros que trabalharam décadas em prol do desenvolvimento desta Nação.

"Esse foi o presente de Natal que o presidente Lula deu aos aposentados. É lastimável", comentou Warley Martins Gonçalles, líder da COBAP.

Fonte: COBAP
Nome: Dimas Pereira

Copyright © 2002-2017 Rudgesbc.com.br - Todos os direitos reservados.